Setenta vezes sete

Chico e EmmanuelAlguém ouvia de Emmanuel, incorporado no Chico, uma bela lição sobre o Perdão.
O irmão doutrinado amorosamente retrucava:
— Não, não é possível. Sou vítima de grande injustiça. E, não obstante, tenho perdoado setenta vezes sete vezes, como Jesus nos recomendara.
Inspiradamente, o evangelizado Guia de Chico Xavier, terminara a magna Lição:
— Mas Jesus recomendou que perdoássemos, sim, setenta vezes sete vezes, mas isto todos os dias, diariamente, sempre, e não vez por outra…
O irmão não esperava por esta. Abaixou a cabeça e saiu convencido de que precisava lutar consigo mesmo para conseguir perdoar, não uma vez por outra, mas todos os dias, a todos os momentos, para poder ter o Mestre no coração, abençoando-lhe os atos.

Ramiro Gama